Ajude nosso ministério. Compre produtos no Submarino por aqui.

22 outubro 2008

:: [ TEATRO ] :: ANJO GABRIEL (P/ o natal)



Personagens: Duas senhoras, anjo Gabriel, Maria, José, os pastores, anjos, os sábios, dois idosos, Herodes, sacerdote, escribas, Hospedeiros, criança, narrador.

1ª Cena
1ª SENHORA - Deus tinha prometido algum dia nasceria uma criança e quando essa criança fosse grande, seria rei e faria os homens novamente livres e felizes.
2ª SENHORA - Mas, quem cuidaria da criança quando nascesse? Quem seria sua mãe? Não seria sua mãe a mulher mais feliz do mundo? (Maria está sentada com a cabeça baixa e um anjo aparece).
ANJO - Saúdo-a Maria! Você é a mulher mais abençoada na terra! (Maria se assusta).
MARIA - Que significa isso? A mulher mais abençoada na terra?
ANJO - Não tenha medo Maria, eu vim contar-lhe algo muito bonito. Foi Deus quem me enviou, não demorará muito tempo e você terá um filho, ao qual você dará o nome de Jesus. Quando o menino for grande será um rei e será rei para sempre.
MARIA - Mas quem será o pai da criança? Pois eu ainda não sou casada.
ANJO - Deus mesmo será o pai. Por isso não será uma crianças como as outras, mas será chamado o filho de Deus.
MARIA - Então está tudo bem, aconteça tudo como o Senhor desejar!
ANJO - Eu cumpri a minha missão. Entreguei a mensagem mais linda que houve na terra.
HINO.

2ª Cena: (Maria e José)

JOSÉ - Vem Maria está anoitecendo. Vamos procurar uma hospedaria.
MARIA - Estou cansada José. Seria bom se encontrássemos uma logo.
JOSÉ - Ali tem uma, vamos até lá.
CRIANÇA - Vocês procuram uma hospedaria? Em Belém tem muitos hóspedes, e tereis que procurar bastante para achar um lugar vago.
JOSÉ - Em Belém tem muita gente, não vai ser fácil achar lugar. Olá Taberneiro!
1° HOSPEDEIRO - Já vou! Que quer esta gente, esmola?
JOSÉ - Senhor taberneiro, longa foi nossa viagem, estamos cansados e minha esposa precisa descansar.
1° HOSPEDEIRO - Esta história não me interessa, não os chamei prá cá.
JOSÉ - Haverá outras hospedarias aqui por perto!
MARIA - Mas José, já não posso mais caminhar, está chegando a hora, eu preciso descansar.
JOSÉ - Não se desespere Maria, Deus há de nos ajudar, ainda encontraremos lugar.
MARIA - Já está ficando escuro, veja quantas estrelas brilham no céu.
JOSÉ - Teremos hoje uma linda noite. Veja, lá adiante tem outra hospedaria. (bate) Boa noite... Nós somos de Nazaré e fizemos uma longa viagem. Minha esposa está grávida e precisa descansar, por favor arranje-nos um lugar.
MARIA - Qualquer cantinho nos serve, senhor.
2° HOSPEDEIRO - Sou de bom coração, com muito prazer gostaria de servi-los, mas de nada, não vem nada. (faz sinal de dinheiro).
JOSÉ - Seis moedas vos dou, é o que me resta.
2° HOSPEDEIRO - Seis moedas me oferecem? Sou dono do hotel Cordeiro de Ouro, que hospeda homens granfinos, da mais alta sociedade, que procurais aqui? Vão embora, que pensará as pessoas de mim se os aceitar, o Cordeiro de Ouro não se vende por bagatelas. Ide, eu já disse, vão dormir em qualquer lugar, menos aqui.
MARIA - Como existe gente gananciosa neste mundo.
CRIANÇA - Oh! Ainda não acharam lugar, eu não disse que não tinha lugar? Esperem, eu conheço um homem que é muito bom, e talvez ele possa os ajudar, venham comigo!
HINO

3ª Cena
CRIANÇA - Olhem... Ali está ele.
TODOS - Boa noite.
JOSÉ - Estimado senhor, nós somos pobres, e não encontramos local para dormir, precisamos de um lugar para descansar.
MARIA - Estou cansada e sinto que necessito de repouso.
3° HOSPEDEIRO - Infelizmente, na minha hospedaria não tem mais lugar, porém, tenho um curral lá fora no campo, se servir podemos ir até lá.
JOSÉ - Está ótimo, nós lhe ficaremos muito e sempre agradecidos.
3° HOSPEDEIRO - Vocês devem me desculpar por ser uma estrebaria.
MARIA - Não se preocupe, está muito bom aqui.
CRIANÇA - Eu não disse que ele arrumaria um lugar.
MARIA - Muito Obrigado, querida criancinha, que Deus te guarde.
3° HOSPEDEIRO - Bem se precisarem de alguma coisa venham até lá em casa, Boa noite.
HINO

4ª Cena

(Os pastores resolvem dormir).
1° PASTOR: Acabo de dar uma volta. As ovelhas estão todas reunidas e clamas. Também vou cochilar um pouco. (Se deita, em seguida uma luz forte brilha e o anjo lhes aparece. Eles se assustam e se ajoelham. O anjo fala).
ANJO: Não tenham medo! Tenho algo para lhes dizer, que lhes dará muita alegria, nasceu o Senhor Jesus, o Salvador por quem vocês tanto esperaram. Ele nasceu em Belém. Vão depressa, vocês não podem errar, pois acharão a criança enrolada em panos e deitado numa manjedoura. (os anjos vem andando, cantando). Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem.
1° PASTOR: Vamos depressa para Belém, vamos ver o que aconteceu lá, por aquilo que o anjo nos contou, nasceu o Salvador! Oh que lindo!
2° PASTOR: Não podemos estar enganados, esta é a criança de quem o anjo falou, e o Salvador, bem como o anjo tinha dito. (os pastores se ajoelham em volta da manjedoura e adoram o menino).
3° PASTOR: Querido Jesus, querido Salvador, que maravilhoso é teres vindo, não podemos dar-te nada, somos somente pastores pobres, mas queremos sempre pensar em ti, queremos amar-te. (os pasto-res caminham pelo campo escuro e cantam juntos, glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens a quem ele quer bem.).

5ª Cena

José ofereceu um sacrifício a Deus. Ele era pobre, não podia comprar uma ovelha. Ele comprou dois pombos e entregou-os ao sacerdote e ele levantou suas mãos sobre a criança e disse.
SACERDOTE: O Senhor te abençoe.
(Entra o idoso Simeão e tema a criancinha em seus braços e diz:)
SIMEÃO: Agora posso morrer contente Senhor, porque agora estou consolado, meus olhos viram o Salvador. ( e de alegria cantou um hino). (Entra uma senhora idosa de 84 anos que se chama ANA, para na frente de Jesus e exclama).
ANA: Este é o Salvador, então ele veio mesmo? Como estou feliz agora!
(Então ela saiu mancando pela rua e contou a todos, que ela viu o Salvador).

6ª Cena

(Os sábios do Oriente, gostavam de olhar as estrelas a noite)
1° SÁBIO: As estrelas são tão bonitas, foi Deus quem as fez e as faz brilhar todas as noites, Deus é mais sábio que todos os homens. (certa noite estavam novamente olhando para as estrelas e de repente, viram uma estrela nova que nunca tinham visto antes).
2° SÁBIO: Que estrela grande e bonita era aquela! E como brilhava, parecia como se fosse a rainha de todas as estrelas.
3° SÁBIO: Vocês sabem o que vamos fazer? Vamos procurar o pequeno rei, e se o acharmos, vamos ajoelhar-nos perante ele. (os sábios perguntam as pessoas).
1° SÁBIO: Onde está o rei dos judeus, que acaba de nascer? Nós vimos sua estrela no Oriente e viemos para ajoelhar-nos perante ele. (as pessoas não sabiam) (os sábios chegaram ao palácio).
2° SÁBIO: Será que estaria lá o pequeno rei? (Herodes era um homem mal, ele ouviu o que os sá-bios perguntaram e assustou-se).
HERODES: Vocês estão procurando o rei dos judeus? O rei sou eu, e quero continuar a ser rei. (os sábios saem).
HERODES: Será que existe mais um rei então? Isto não deve ser, eu sozinho quero ser rei, talvez tenha nascido o Salvador pelo qual todos esperam já tanto tempo! 
(Herodes mandou vir os escribas - homens que sabiam tudo da Bíblia)
HERODES: Vocês sabem onde nasceu o Salvador?
ESCRIBAS: Em Belém, Senhor rei, está escrito "nos Profetas".
HERODES: Está bom muito obrigado, vou me lembrar disso.
1° SÁBIO - Oh, rei Jesus! Alegres estamos, por termos te encontrado. (os sábios entregaram presente dentro das caixas, jarra, vasilha com mirra). (uma voz fala para os sábios).
VOZ: Ouçam bem! Vocês não devem voltar para o rei Herodes, ele é um homem mal não quer adorar a criança, quer fazer-lhe mal.
SÁBIOS: Nós não vamos mais avisar o rei Herodes, nós vamos voltar para a nossa terra. 
NARRADOR: Assim Nasceu Jesus, o Rei dos Reis, no tempo de Herodes. Ele nasceu, viveu, morreu por toda a humanidade na cruz e ao 3º dia ressussitou para interceder à direito do Pai a nosso favor. Jesus vive! Vive em em breve voltará para buscar um povo santo e dedicado a ele. Seu poder é sem limites, seu amor é imensurável.
Os profetas profetizaram, reis o adoraram, sabios o admiraram, homens o seguiram. Por quê? Por que não houve outro igual a ele e nem haverá, pois Jesus é o mesmo ontem, hoje, e será eternamente. AMÉM!


TeatrosVit.Schram
e-mail não informado

Um comentário:

Naasom A. Sousa disse...

Essa peça eu tinha guargado já há tempos num CD de dados pessoais ainda do site LETRAS SANTAS antigo. Fiz algumas mudanças de palavras, acrescentei um narrador no final com uma pequena narração como um forma de terminar a peça exaltando ao Senhor Jesus.
Espero que todos gostem.
Grande abraço a todos!

... ...