Ajude nosso ministério. Compre produtos no Submarino por aqui.

12 maio 2007

:: [ MORMONISMO ]:: Aprenda a combater esse mal

A seita dos Mórmons (a ‘Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias’) é uma seita americana que tem investido pesado em algumas regiões do Brasil. E é também uma das religiões que mais crescem no mundo. Eles contam com muitos recursos financeiros, e um estruturado sistema de envio de missionários. Por crerem que a salvação é por obras, fazem muitos trabalhos de assistência social (cestas básicas, cursos, balcão de empregos, etc.). E isso se torna um perigo, quando os beneficiados são pessoas desavisadas. E a quase totalidade dos irmãos evangélicos (e até mesmo a maioria dos pastores) pouco ou mesmo NADA sabem sobre esta seita racista (isso mesmo, você sabia que eles têm doutrinas justificando o racismo?). A Igreja Brasileira precisa estar atenta e preparada para combater esse mal. Pensando nisso, preparamos dois e-books reunindo dezenas de artigos e estudos apologéticos sobre o mormonismo. E estamos republicando ainda o e-book “A Ilusão Mórmon” (que já constava de nossa biblioteca), para aqueles que ainda não possuem este livro.
Ferramentas oportunas e gratuitas. Copie, leia e compartilhe.


Os Desafios no Mormonismo – E-book reunindo artigos e estudos sobre o tema, coletados no site do Institute for Religious Research (IRR) – www.irr.org.
Para baixar o e-book,[CLIQUE AQUI].







Seleção de artigos sobre o Mormonismo – Uma seleção de dezenas de artigos abordando o mormonismo, coletados no site do CACP – www.cacp.org.br.
Para baixar o arquivo, [CLIQUE AQUI].






A Ilusão Mórmon – Excelente e completo e-book sobre o tema, muito bem escrito por Floyd C. McElveen (que foi mórmon durante anos) e traduzido por João Barbosa Batista.
Para baixar, [CLIQUE AQUI].

21 comentários:

Rosa Dias disse...

Tcs tcs tcs.. o que ganham vocês com estes ataques?
É assim que pregam o respeito ao próximo, é assim que dizem procurar a verdade?
Por que antes de atacar ferozmente (deve ter medo de algo, né?!), vocês nao procuram tirar as conclusões de vocês, baseados em experiências próprias?
Não se esqueçam que aqueles que atrapalham o trabalho do Senhor, melhor seria que não tivesse nascido, e a forma com que julgas, serás julgados!!

Ah! Além disso, tomem cuidado pois ainda se existe processos judiciais contra difamação, ok?

Um abraço.

Anônimo disse...

Sra. Rosa,
Lamentavelmente devo discordar de seus comentários. Tudo quanto foi abordado neste site é pertinente e tem embasamento fático e Teológico. Indiscutivelmente, Jesus Cristo (Yeshua) é o maior e sua pseudo-religião é rigorosamente míope quanto ao assunto. Oriente-se com um pastor evangélico e certamente sua opinião mudará. Pense nisso, afinal a sua eternidade está em jogo. Que Deus abençoe sua vida e lhe dê sabedoria e discernimento.

Anônimo disse...

Antes de postar qualquer coisa que possa induzir pessoas, por que não tiram suas proprias conclusões?
Vá na igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias. E pergunte ao bispo da ala. E veras que todo esse material, pode influenciar por um mal caminho pela falta de compreensão. Eu já fui iludido pelas informações na net sobre "a ilusão mormon". Confeso que fiquei penoso sobre a igreja. Mas todas as minhas duvidas com o tempo foram respondidas pelo Bispo da minha ala. Eu não quero convencer ninguem a nada, mas pense bem antes de agir, seja lá quem for!

Anônimo disse...

Eu, agora, tenho certeza que existem anticristo, vocês, verdadeiramente o são pois estão tentando destruir a obra maravilhosa que o Senhor revelou nos últimos dias, não tem problema vão em frente, vocês só conseguirão destruir a sí mesmos, esta Igreja jamais será tirada da terra ela tem o Salvador a sua frente, e Ele voltará para dirigí-la pessoalmente, eu sei disso e sei que Ele vive e sei que esta é a única Igreja verdadeira na face da terra.
Eu compartilho este testemunho em nome do Salvador Jesus Cristo.
Amem.

Stephanie disse...

Tah eu nem ia postar nada mas depois desse ultimo comentario fui orbigada a abrir os olhos do querido anonimo acima.
Filho eu num sei nada de mormon, vou até baixar o conteudo aí pq eu vi q vcs ficaram bem atissados isso deve mexer de alguma maneira com vcs. E olha se vcs são tão certinho pq tão falando aí q é só essa igreja q é a verdadeira na face da terra? Eu hein, igreja nenhuma salva, a unica pessoa q tras a salvação para nossa vidas é Jesus, não existe nenhum mediador entre Deus e seus filhos, a não ser Jesus. Foi Ele que morreu por sua vida e não essa igreja. Se vc esta sendo ensinado assim é uma pena pq esta sendo enganado.
Que o Senhor te abnçõe e te mostre a verdadeira salvação.

gsctt disse...

O principal problema dessas "seitas apócrifas" é o fato de seus membros não darem a devida atenção à Bíblia.

Então, "queridos" Mórmons:
Leiam a Bíblia, só a Bíblia, e pratiquem o que tem lá, em vez de ficarem inventando coisas a respeito de Deus e Jesus!

perdi tempo escrevendo isso, sei que não vão me dar atenção... talvez um dia reconheçam. Talvez, antes que seja tarde.

Anônimo disse...

Desculpe não sou Mormon, mas gostaria de apenas "perguntar" se algum de vcs já falou e perguntou a "DEUS" o que "ELE" pensa sobre isso?????? Quem é certo ou errado??
Dizem que minha crença é "uma seita", mas os sacerdotes na época dos apóstolos chamavam os seguidores de Cristo como "seita". Que coisa né! Amados! não critiquem seu irmão ore por ele. E Deixe o Julgamento para Jesus... Abraço fraternal nos veremos no céu.

Anônimo disse...

No começo começou dizendo que não era mórmon, mas depois acabou se revelando...

O irmão acima não está julgando, só dizendo que não está conforme a palavra.
Apenas exortando.
"...,exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado." Hb.3.13.

Espero que se satisfaça!

Anônimo disse...

Ah!
Vocês crentes são engraçados. Ficam brigando por coisinhas tão à toa...

Não vêem que são farinha do mesmo saco?

Isso que é não terem o q fazer.

Anônimo disse...

AiAiAi

Que se explodam vocês e os mórmons junto!

Anônimo disse...

O QUE EU ACHO É QUE ESSE ZELO TODO DE VCS NA VERDADE É O MEDO DE PERDEREM A GRANDE FONTE DE DINHEIRO, JA QUE A RELIGIAO VIROU NEGOCIO, E VCS TEM PERDIDO MUITOS FIEIS, QUE ESTAO CANSADOS DA HIPOCRISIA QUE IGREJAS CRISTAS, QUE VIVEM DIFAMANDO E PREGANDO O PRECONCEITO, CONTRA OUTRAS RELIGIOES, PRINCIPALMENTE QDO ESSAS TIRAM OVELHAS DE SEUS REBANHOS...GRAÇAS AO BOM DEUS, NA IGREJA DE JESUS CRISTO NAO EXISTE CLERO REMUNERADO, NINGUEM FAZ DA PREGAÇÃO DO EVANGELHO NEGOCIO, GANHA PAO, OU PROFISSAO, O DESESPERO E ARROGANCIA FAZ VCS FALAREM MUITA BOBAGEM, LEMBRAM DOS FARISEUS E SADUCEUS, PORQUE ELES FIZERAM TUDO PRA COLOCAR O POVO CONTRA CRISTO? POIS É ACHO QUE VCS SABEM A RESPOSTA NÉ...VAO CUIDAR DOS REBANHOS DE VCS ANTES QUE SEJA TARDE E DEIXEM-NOS EXERCERMOS NOSSO LIVRE ARBITRIO DE SEGUIRMOS O QUE QUIZERMOS....ACREDITO NA IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ULTIMOS DIAS, NA BIBLIA SAGRADA, NO LIVRO DE MORMON, NA RESURREIÇÃO E NA VOLTA DE CRISTO, TA BOM PRA VCS OU QUEREM MAIS....

Anônimo disse...

eu geandro da silva oliveira ,sud nunca vi A IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ÙLTIMOS DIAS ,publicar um livro se quer ,sobre outras igrejas,não temos tempo pra isso ,suas crenças não nos intereça,tudo que for verdadeiro,ou louvável a deus nas outras religiões já faz parte de nossas crenças,temos muito oque estudar,todos os meses o profeta tem uma mensagem de insentivo para os santos,alem de vivermos os ensinamentos da bíblia ,do livro de mórmon,e a doutrina e conv~enios da igreja de cristo ,em toda época ouve perseguições então hoje não é diferente;perseguições poderão camper,turba se reunir,exércitos se congregar mas a verdade de DEUS seguirar avante com destemor ,nobresa,e independ~encia até que o grande jeová diga que sua obra está concluída,convido a todos ,vinde e vede.

Wellington disse...

Gloria a Deus por vc irmão Naason que não se calou e esta a difundir o Verdadeiro Evangelho e não ao "testamento" segundo Smith! Paulo bem profetizou acerca destes falsos profetas que trariam um "novo evangelho"

Mais uma vez, glória a Deus pela Verdade anunciada!

Magnoni disse...

É Cristão O Mormonismo?

Esta talvez pareça ser uma pergunta enigmática para muitos mórmons, bem como para alguns cristãos. Os mórmons dirão que eles incluem a Bíblia na lista dos quatro livros que reconhecem como Escrituras, que sua crença em Jesus Cristo é parte central de sua fé, e que isto é indicado pelo seu nome oficial, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Além disso, muitos cristãos têm escutado o Coral do Tabernáculo Mórmon cantar hinos cristãos, e ficam impressionados com a dedicação de muitos adeptos quanto às suas regras morais e sua forte estrutura familiar. Não seria, então, por isso, o mormonismo uma religião cristã?

Para responder a esta pergunta de maneira correta e imparcial, precisamos comparar cuidadosamente as doutrinas básicas da religião mórmon com as do cristianismo bíblico, histórico. Para representar a posição mórmon nós temos recorrido aos mais bem conhecidos escritos doutrinários do mormonismo, incluindo a edição de 1988 do livro Princípios do Evangelho, cujos direitos autorais estão em nome da Corporação do Presidente de a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Faremos esta comparação em dez áreas fundamentais de doutrina.

1. Há Mais de um Deus Verdadeiro?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que há um só Deus vivo e verdadeiro, e que além dEle não há outros deuses (Deuteronômio 6:4; Isaías 43:10, 11; 44:6, 8; 45:21, 22; 46:9; Marcos 12:29-34).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que há muitos deuses, e que os seres humanos podem vir a ser deuses e deusas no Reino Celestial. Eles ensinam ainda que aqueles que alcançam a divindade teriam o que eles chamam de "filhos espirituais" que adorariam e orariam a eles, assim como nós adoramos e oramos a Deus Pai (o Livro de Abraão, 4:1-5:21 en A Perola de Grande Valor; Princípios do Evangelho, pp. 9, 11, 290).

2. Deus Pai uma vez já foi homem como nós?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que Deus é espírito (João 4:24; 1 Timóteo 6:15, 16), que não é um homem (Números 23:19; Oséias 11:9; Romanos 1:22, 23) e que sempre (eternamente) existiu como Deus - onipotente, onipresente e onisciente (Salmo 90:2; 139:7-10; Apocalipse 19:6; Malaquias 3:6).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que Deus Pai foi um homem como nós, que progrediu até tornar-se um Deus e, mesmo nessa condição, continua a possuir um corpo de carne e osso. ("O próprio Deus já foi como nós somos agora - ele é um homem exaltado, entronizado em céus distantes!" Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, compilado por Joseph Fielding Smith, pp. 336). Em Doutrina e Convênios (D&C) 130:22 é dito que "o Pai tem um corpo de carne e ossos, tangível, como o do homem"; também a citação famosa de Lorenzo Snow, "Como o homem é, Deus foi; como Deus é, o homem poderá vir a ser" (Regras de Fé de James Talmage, p. 389). Para completar, o mormonismo ensina que Deus tem um pai, um avô, e assim sucessivamente (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, p. 365).

3. Jesus e Satanás são espíritos irmãos?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que Jesus é o único e verdadeiro Filho de Deus; Ele tem sempre existido como Deus, e é co-eterno e co-igual com o Pai (João 1:1-14; 10:30; Colossenses 2:9). Ainda que nunca haja sido menos que Deus, no tempo indicado pôs de lado a glória que compartilhava com o Pai (João 17:4, 5; Filipenses 2:6-11) e foi feito "semelhante aos homens" para realizar a obra da nossa salvação. Sua encarnação (não confundir com "reencarnação") se fez realidade quando foi sobrenaturalmente concebido pelo Espírito Santo e nasceu de uma virgem, chamada Maria (Mateus 1:18-23; Lucas 1:34, 35), conforme havia sido predito pelos profetas no Antigo Testamento (Isaías 7:14; 9:6; Mateus 2:6; Miquéias 5:2).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que Jesus Cristo é nosso irmão mais velho, e que progrediu até chegar a ser um deus, havendo primeiro sido gerado como um "filho espiritual" por meio do Pai e de uma mãe celestial, e depois concebido fisicamente pelo Pai e pela virgem Maria. A doutrina mórmon afirma que Jesus e Lúcifer são irmãos (Princípios do Evangelho, pp. 9, 15, 16, 54, 57).

4. É Deus uma Trindade?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que o Pai, o Filho e o Espírito Santo não são deuses separados, e sim Pessoas distintas de um só Deus Triúno. Em todo o Novo Testamento o Filho e o Espírito Santo, bem como o Pai são identificados separadamente como Deus, e agem como Deus (Filho: Marcos 2:5-12; João 20:28; Filipenses 2:10, 11; Espírito Santo: Atos 5:3, 4; 2 Coríntios 3: 17, 18; 13:14); mas, ao mesmo tempo, a Bíblia ensina que existe um só Deus, e que os três são manifestações distintas do mesmo e único Deus (veja novamente o ponto no 1).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são três deuses separados (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, pp. 361-362; Mórmon Doctrine, pp. 576, 577).


5. O Pecado de Adão e Eva, Foi um Grande Mal ou uma Grande Bênção?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que a queda do homem foi um grande mal, e que através disso o pecado entrou no mundo, pondo todos os seres humanos debaixo da condenação e da morte. Assim, todos os seres humanos nascem com uma natureza pecaminosa, e serão julgados pelos pecados que cometem, individualmente (Ezequiel 18:1-20; Romanos 5:12-21).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que o pecado de Adão era "um passo necessário no plano da vida e uma grande bênção para toda a humanidade" (Princípios do Evangelho, p. 31; Doutrinas de Salvação, Vol. 1, pp. 114, 11; Livro de Mórmon, 2 Néfi 2:25).

6. Beneficia a morte expiatória de Cristo aqueles que o rejeitam?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que a obra redentora de Cristo é, antes de mais nada, a solução provida por Deus para o problema do pecado da humanidade. Por haver tomado os pecados pessoais de todos os homens - passado, presente e futuro - em Seu próprio corpo na cruz (1 Pedro 2:24), Cristo, como o prometido Cordeiro de Deus sem mancha, cumpriu totalmente as exigências da Justiça Divina, para que todos aqueles que pela fé O receberem possam ser perdoados, restaurados à comunhão com Deus e desfrutar de vida eterna com Ele para todo sempre (2 Coríntios 5:21; Apocalipse 21:1-4).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que a obra redentora de Cristo apenas garante o que ela chama de "salvação geral", que consiste no fato das pessoas serem ressuscitadas - acontecendo para todos, indiferente de terem aceito Jesus Cristo pela fé. Para eles, a obra redentora não é suficiente em si mesma para dar a vida eterna. Em vez disso, seria preciso acrescentar as nossas boas obras (Princípios do Evangelho, pp. 69, 291-292; Regras de Fé;, pp. 86, 88-89).

7. Podemos nos fazer dignos diante de Deus por nossos próprios méritos?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que nós somos salvos do nosso pecado e morte espiritual pela provisão graciosa de Deus de perdão e vida eterna. Não podendo ser merecida nem conquistada pelas nossas obras (Efésios 2:8, 9). Os 10 Mandamentos nos foram dados para mostrar que somos incapazes e incompetentes para cumprir os desígnios da perfeita e santa Justiça de Deus por nossos próprios esforços, evidenciando nossa fraqueza e nos fazendo reconhecer que somos inteiramente dependentes dEle (Romanos 3:20; 5:20; 7:7, 8; Gálatas 3:19). Os sacrifícios do Antigo Testamento apontavam para a provisão graciosa do "Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo" (João 1:29; Hebreus 9:11-14; 10:1-14). Não podemos contribuir praticamente em nada para a nossa salvação porque, sem Cristo, somos espiritualmente "mortos em nossos pecados" (Efésios 2:1, 5); um novo coração, o qual deseja obedecer às leis de Deus, é resultado concreto da salvação (entretanto, é correto que, sem evidências de mudança na conduta, o testemunho de fé em Cristo do indivíduo pode muito bem ser questionado; salvação pela graça somente através da fé não significa que nós podemos viver como "nos der na cabeça" - Romanos 6:1).

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que todo homem receberá a salvação, referindo-se a ela como sendo nada mais que "uma conexão inseparável do corpo e do espírito, propiciada pela expiação e ressurreição do Salvador" (Princípios do Evangelho, p. 359). Mas, para obter a salvação "máxima", que eles chamam de exaltação e que significaria "morar na presença de Deus", a única possibilidade é se a pessoa perseverar "em fidelidade, guardando todos os mandamentos do Senhor até o fim de sua vida terrena" (Princípios do Evangelho, p. 292). As obras seriam requisitos para se poder "morar na presença de Deus" (Terceira Regra de Fé; Doutrinas de Salvação, Vol. 2, p. 5).

8. É a Bíblia a Única e Definitiva Palavra de Deus?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que a Bíblia é a única, final e infalível Palavra de Deus (2 Timóteo 3:16; Hebreus 1:1, 2; 2 Pedro 1:21) e que ela permanecerá para sempre (1 Pedro 1:23-25). A preservação providencial, por parte de Deus, do texto bíblico tem sido maravilhosamente confirmada pela Arqueologia e pela História, a exemplo da descoberta dos Rolos do Mar Morto.

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que a Bíblia foi adulterada, tem perdido muitas de suas verdades e que não contém o Evangelho em toda a sua plenitude (Doutrinas de Salvação, Vol. 3, pp. 190, 191; Livro de Mórmon,1 Néfi 13:26-29; Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, p. 12).

9. A igreja primitiva caiu em apostasia total?

A Bíblia ensina, e os cristãos evangélicos têm crido através dos tempos, que a Igreja verdadeira foi divinamente estabelecida por Jesus e por isso nunca pôde, nem jamais poderá desaparecer da terra (Mateus 16:18; João 17:11; 1 Coríntios 3:11). Os cristãos genuínos admitem que têm havido tempos de corrupção e apostasia dentro da Igreja, mas crêem também que sempre tem existido, pela vontade de Deus, um remanescente de pessoas que guardam e propagam os princípios fundamentais da verdadeira doutrina de Cristo contida no Evangelho.

Ao contrário, a Igreja Mórmon ensina que houve uma grande e total apostasia na igreja estabelecida por Jesus Cristo; este estado de apostasia "ainda prevalece, exceto para aqueles que se voltarem para um conhecimento do 'evangelho restaurado' pela Igreja Mórmon" (Mórmon Doctrine, p. 44; Princípios do Evangelho, pp. 100-101; Doutrinas de Salvação, Vol. 3, pp. 269-275).

Conclusão:

Os pontos que apareceram em itálico constituem o Evangelho normalmente crido por todos os cristãos evangélicos através dos tempos, independentemente de rótulos denominacionais. Por outro lado, algumas religiões, como o mormonismo, pretendem passar-se por cristãs em suas crenças e práticas, mas dão mais autoridade a outros escritos do que à Bíblia, ensinam doutrinas que contradizem os ensinos bíblicos, e têm crenças completamente estranhas e contrárias aos ensinos de Jesus. A maioria destas seitas se tem originado nos últimos 200 anos (a Ciência Cristã, as Testemunhas de Jeová, os mórmons etc.), e estas, sim, representam uma evidente apostasia.

Os mórmons e os cristãos evangélicos têm em comum importantes termos bíblicos e preceitos éticos. Contudo, os pontos já mencionados são alguns exemplos das múltiplas diferenças fundamentais e inconciliáveis entre o cristianismo bíblico e o mormonismo. Embora tais diferenças não nos impeçam de termos amizade com mórmons, não podemos considerá-los irmãos em Cristo. A Bíblia nos adverte especificamente sobre falsos profetas que ensinariam "um outro evangelho", centrado em "um outro Jesus" e testemunhado por "um outro espírito" (2 Coríntios 11:4, 13-15; Gálatas 1:6-9). A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias afirma que seu Livro de Mórmon é "um outro testamento de Jesus Cristo". Nós cremos que, na realidade, trata-se de um "testamento de um outro Jesus", e que o mormonismo não é cristão.

É dito que se alguém se diz mórmon (ou candidato a tal), mas não aceita todos os dogmas básicos do mormonismo, tais como:

1. Joseph Smith foi um profeta de Deus;
2. O Livro de Mórmon é verdadeiro e divinamente inspirado;
3. Deus já foi um homem que progrediu até a divindade através da obediência às leis e ordenanças da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias;
4. e a Igreja Mórmon foi divinamente estabelecida, então os demais mórmons rejeitariam sua reivindicação de ser um "santo dos últimos dias".


Um indivíduo não pode se dizer mórmon se não crê cegamente nas estranhas doutrinas fundamentais que todos os mórmons crêem. Da mesma maneira, se os "santos dos últimos dias" não crêem nas verdades bíblicas essenciais defendidas por todos os cristãos genuínos, como podem esperar que sejam aceitos como irmãos em Cristo?

Os Mórmons acreditam que os "outros" cristãos são seguidores de doutrinas apóstatas. Por que, então, querem ser considerados parte do do corpo de Cristo? Há três possibilidades:

1. Para dar conforto e legitimidade a eles mesmos, pessoalmente, pelo fato de pertencerem a uma "religião legítima".
2. Para reforçar a aparência de uma religião legítima, facilitando seu vasto proselitismo.
3. Porque crêem que os mórmons são os únicos cristãos verdadeiros.


Se os mórmons se julgam os únicos cristãos verdadeiros, então não deveriam esforçar-se por passar-se como parte da Igreja Cristã. Em lugar disso, deveriam proclamar abertamente a todo mundo que os cristãos evangélicos são nada mais que apóstatas, e que os mórmons são os únicos e verdadeiros cristãos. Na realidade, isto é o que eles ensinam reservadamente (em particular), mas não abertamente.

Se os mórmons, especialmente sua liderança, têm consciência destas verdades, por que pretendem ser entendidos como parte integrante do que o mundo em geral considera como sendo a Igreja Cristã, quando sabem que não o são? A lógica leva-nos a concluir que sua motivação parece ser uma combinação das três possibilidades já mencionadas, especialmente a segunda, que é converter mais e mais pessoas à seita do mormonismo.

Magnoni disse...

10 RAZÕES BÍBLICAS PORQUE NÃO POSSO SER MÓRMON.

1. O Mormonismo não ensina que a Bíblia é a infalível Palavra de Deus.
"Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus até onde for traduzida corretamente: cremos que o livro de Mórmon também é a palavra de Deus”, (Declaração de fé, artigo n° 8). Na qualidade de crentes que somos cremos que as Sagradas Escrituras do Velho e do Novo Testamento são a Palavra de Deus verbalmente inspirada, a autoridade final para nossa fé e vida, sem erros no original, infalível e inspirada por Deus. II Tim. 3:16-17; II Pedro. 1:20-21; Mt. 5:18.

2. O Mormonismo ensina que Deus é um homem glorificado e que tem um corpo físico.
"Deus mesmo já foi como nós somos agora e é um homem glorificado”, (Doutrinas do Profeta Joseph Smith, página 345). "O Pai tem um corpo de carne e osso tão tangível quanto o dos homens…" (Dot. e Cov, Seç. 131:22). A Bíblia diz: "Deus não é homem”, Nm. 23:19. "Deus é Espírito; e importa que os que adoram o adorem em espírito e em verdade," João 4:24. “… um espírito não tem carne nem ossos…," Lc. 24:39.

3. O Mormonismo ensina que Cristo e o Diabo são irmãos.
“… que Lúcifer, o filho da alva, é nosso irmão mais velho e o irmão de Jesus Cristo," (Doutrina Mórmon por Bruce McConkie, páginas 163-164). A Bíblia diz que o diabo é um ser criado por Deus. "Perfeito eras (o diabo) nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti," Ezequiel. 28:15. "Porque nele (Cristo) foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele," Cl. 1:16.

4. O Mormonismo ensina que Jesus Cristo era casado e polígamo.
"Cremos que o casamento em Caná da Galiléia foi o de Jesus Cristo”, (Jornal de Discurso, Vol. 2, página 80). O Mormonismo ensina que Jesus foi o filho natural de Adão e Maria. "Quando a Virgem Maria concebeu o Menino Jesus… Ela não foi gerada pelo Espírito Santo. E quem é o seu pai? Ele é o primeiro na família humana," (Brigham Young, Jornal de Discursos, páginas 50-51). A Bíblia diz: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós…," João 1:1, 14. "E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum? E, respondeu o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo…," Lc. 1:34-35.

5. O Mormonismo ensina que a verdadeira igreja deixou de existir até que foi restaurada por Joseph Smith. A igreja (SUD) foi restaurada em 6 de abril de 1830 por Joseph Smith, (Dot. e Cov. 20:1). Jesus Cristo disse: “… sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela," Mt. 16:18. "Porque ninguém pode pôr outro fundamento, além do que está posto, o qual é Jesus Cristo," I Cr. 3:11. "Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina." Ef. 2:20.


6. O Mormonismo ensina outro evangelho (pervertido) e não aquele da Bíblia.
O evangelho do Mormonismo é: "A fé, o arrependimento, o batismo, o recebimento do Espírito Santo pela imposição das mãos, a moralidade, a lealdade, o dízimo, a palavra da sabedoria, o dever, o casamento celestial (por toda a eternidade)," (Tratado dos SUD sobre o LIVRE ARBÍTRIO e DECLARAÇÃO de FÉ, artigo n° 4). A Bíblia diz: "Também vos notifico, irmãos, o evangelho que vos tenho anunciado… que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras," I Cor. 15:1-4. "Assim, como já vo-lo dissemos, e agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema," Gl. 1:9.

7. O Mormonismo ensina a salvação dos mortos através do batismo por procuração.
Esta doutrina se baseia numa só passagem das Escrituras mal-interpretada: "Doutra maneira, que farão os que se batiza por causa dos mortos, se absolutamente os mortos não ressuscitam? Por que se batizam eles então pelos mortos?" I Cor. 15:29.
Paulo não praticava o batismo pelos mortos. Ele se excluiu usando o pronome "eles" e não "nós" ou "vós". Ele está fazendo uma pergunta e não uma declaração. "E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo…," Hb. 9:27.

8. O Mormonismo ensina a investigação genealógica dos mortos.
"Vamos, portanto, na qualidade de igreja e povo, como Santos dos Últimos Dias, fazer ao Senhor uma oferta de justiça; vamos apresentar no Seu santo templo, quando terminado, um livro contendo o registro de nossos mortos, que será digno de toda aceitação," (Dot. e Cov, Seç. 128:24). A Bíblia diz: "Nem se dêem a fábulas ou a genealogias intermináveis," I Tim. 1:4. "Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas," Tito 3:9.

9. O Mormonismo ensina que existem profetas modernos e revelações divinas atualizadas. O mormonismo reivindica que Joseph Smith recebeu o Sacerdócio Araônico de João Batista. O Sacerdócio de Melquisedeque e o Apostolado foram restaurados por Pedro, Tiago e João logo após em 1829, (Dot. e Cov, Seç. 13). A Bíblia diz: "Havendo Deus antigamente falado muitas vezes… nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo," Hb. 1:1-2. Encontramos em Dt. 18:20 e 22 o método bíblico para testar um profeta.

10. O Mormonismo ensina que a salvação depende de boas obras e da aceitação de Joseph Smith. "Nenhum homem que rejeita o testemunho de Joseph Smith pode entrar no reino de Deus," (Doutrinas da Salvação, vol. I página 190). "Os homens tem uma obra a realizar para obter a salvação," (Doutrinas da Salvação, vol. III, página 91). A Bíblia ensina que a salvação é somente através de Jesus Cristo. "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos," Atos 4:12. "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie," Ef. 2:8-9.

Anônimo disse...

INFELIZMENTE...
digo-lhes que a fé sem obras é morta, como todos sabem muitas das doutrinas de cristo foram encobertas por homens de pouca fé de sua época. Você reconheceria a Cristo se o visse, se você vivesse na época dele, magos, feiticeiros e falsos milagres já existiam no Egito vocês com sua racionalização veriam a Jesus como filho de Deus ou mais um charlatão.Condenar igrejas, seitas e doutrinas de forma desreipeitosa não é fazer a obra de Cristo, acho um absurdo parte de minha família não se sentar com meus pais por não serem mais da mesma igreja, isso é cristão?Como resgatar a ovelha se você a está condenando? Sua igreja salva e o resto da Terra?Os mais de 1 milhão de chineses que nem conhecem a Cristo irão todos perecer?Onde está a misericórdia irmãos?

Val Soares disse...

Como ex mórmon me sinto na obrigação de dizer que todo trabalho de esclarecimento sobre seitas e heresias é muito bem vindo a quem realmente busca a verdade e a salvação. Quem busca apenas uma grupo social, uma religião obviamente vai se sentir atacado. Mas a verdade é a seguinte:
Deus existe, um dia estaremos diante dele para o julgamento, se estivermos com nosso advogado Jesus, iremos pra vida eterna, senão, iremos pra condenação eterna, simples.
O mormonismo ensina uma doutrina heretica, antibiblica e carregada de ocultismo e simbolismos diabólicos. O mormonismo adora um deus que um dia foi homem e evoluiu até ser um deus, prega outros deuses, prega q Jesus e satanás são espiritos irmãos, prega q Jesus era casado e poligamo, prega que assim como Deus é o homem virá a ser. Tudo com base em supostas revelações de um anjo que era homem , morreu e virou anjo?!?!?!?!
Não precisa nem ter profundo conhecimento biblico pra saber que o cristianismo é uma religião monoteista e o mormonismo não.
Infelizmente, digo por experiencia própria, os mórmons são desencorajados a questionar e por a prova seus lideres e revelações, mas não é isso que a Biblia ensina. Ela diz " À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles." Isaias 8:20
A todos os mórmons que se sentem ofendidos por estes argumentos, um conselho, busquem a Deus enquanto ainda há tempo pq, ao contrário do que a seita mórmon ensina, depois da morte pode ser tarde demais.
Foi oq eu fiz, entrei em meu quarto, orei, abrir meu coração a Deus e entreguei minha vida a Jesus, e ela está segura nas mãos Dele. Se vcs mórmons querem realmente ter comunhão com Deus, o Deus verdadeiro, façam o mesmo, esqueçam o preconceito que vcs aprenderam contra os evangélicos e aceitem a Cristo como salvador.
Não há salvação fora a oferecida por Jesus. Pra Deus não há tantas denominações, pra Deus só há o pecador e o salvo, o sujo e o lavado no sangue do cordeiro. Eu escolhi ser lavada no sangue do cordeiro e ser filha de Deus, não uma "deusa", mas sim filha de DEUS.
Em nome de Jesus, é impossível que vcs sejam tão indiferentes a isso!
Me lembro que uma das coisas q mais me incomodava na minha época de mórmon, era a arrogância dos membros, o fato deles se acharem superiores a todos pq eram mórmons e a falta de amor genuino. Isso com certeza não vem de Deus e jamais fará parte da Igreja de Cristo.

Anônimo disse...

"Seleção de artigos sobre o Mormonismo" da CACP é excepcionalmente bom !!!!
Muito bem elaborado, com bases biblicas.
Nada como um bom estudo da Palavra de Deus pra desfazer qualquer engano.
Leiam, estudem, repassem. Vidas dependem disso.

Anônimo disse...

BOA NOITE IRMÃOS!
POR ACASO ENTREI NESSE BLOG, E FIQUEI MUITO IMPRESSIONADO COM O FORUM, SOU UM SANTO DOS ULTIMOS DIAS E GOSTARIA DE, EM PRIMEIRO LUGAR, PEDIR AOS IRMÃO QUE SEJAM PASCIENTES, NÃO DISCUTEM SOBRE TAIS ASSUNTOS, NÃO VALE A PENA, A UNICA COISA QUE PODEMOS FAZER PELA INCREDULIDADE DESSES HOMENS/MULHERES QUE QUEREM ATRAVES DE SOFISMAS E ELOQUENCIA ENGANAR E CONFUNDIR-VOS, ORAREMOS SOMENTE PARA QUE O PAI CELESTIAL TENHA MISERICORDIA DE SUAS ALMAS, NÃO DISCUTAM IRMÃOS,POIS O ESPIRITO DE DISCIORDIA NÃO VEM DE DEUS, ASSIM SE DEREM OUVIDOS A TAIS ARDIS, TORNAREI IGUALMENTE A ELES, LEMBRE SE DO NOSSO EXEMPLO PERFEITO QUE É JESUS CRISTO, ELE SEMPRE RECONHECEU A MELHOR MANEIRA DE CONDUZIR AS COISAS, HORA FALAVA, HORA CALAVA, HORA SURRAVA(VENDEDORES NO TEMPLO) AGORA AOS DEMAIS GOSTARIA DE CONVIDA-LOS DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO ,QUE DEUS, O PAI DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO LHE PERMITA SÓMENTE PERGUNTAR (COM REAL INTENÇÃO)COMO ACONSELHA TIAGO, A PERGUNTAR A QUAL IGREJA- E SEUS ENSINAMENTOS DEVE SEGUIR- IRMÃOS, SE REALMENTE CRE NO PODER DA ORAÇÃO PERGUNTE A DEUS E SABERÃO A VONTADE DELE.
SEI QUE JESUS CRISTO VIVE, POIS RESSUSSITOU DENTRE OS MORTOS, E QUE A IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ULTIMOS DIAS É O REINO DE DEUS ESTABELECIDO NA TERRA EM PREPARAÇÃO DE SUA SEGUNDA VINDA. ISSO NINGUEM PODE ARRANCAR DE MEU PEITO. POIS EU PERGUNTEI A DEUS

Samuel de Oliveira disse...

É entendível o por que a IGREJA DE JESUS CRISTO recebe tantos ataques,ele mesmo falou que seria assim, "mas aquele que por amor ao meu nome sofrer persequições e for fiel herdará a vida eterna", mas o futuro dos persequidores não será tão bom assim não,por isso meu amigo se arrependar de seus pecados e volte-se para o Senhor para que ele possa ter misericordia de voce no ultimo dia.

wanessa disse...

A igreja dos santos do ultimos dias ou Mormons e MENTIROSA, dizem heresias , FALSAS doutrinas, Heretica, Feita por maos de homens e revelacoes de demonios.

... ...